Projetos e Outros

Projeto Professores de Educação Física Sem Fronteiras

REALIZAÇÃO: Delegacia Nacional da FIEP no Brasil

SURGIMENTO

O Projetos de Intercâmbio de Professores de Educação Física Sem Fronteiras, é um Projeto da FIEP Mundial, com apoio da FIEP Brasil, tendo como idealizador o presidente da FIEP Mundial, Prof. Almir Adolfo Gruhn. Em junho de 2006, O Presidente da FIEP Mundial o Dr. Almir Adolfo Gruhn (Foz do Iguaçu/PR-Brasil), apresenta o Projeto ao Prof. Nelson Schavalla (Pato Branco/PR-Brasil) e ao Vice-Presidente da FIEP para América do Sul, Dr. Jorge Otanez, (Cordoba/Argentina). Os mesmos aderiram e apoiaram a ideia de criar um grupo de professores para viajarem em nome da FIEP.
O projeto consiste em viagens nacionais e internacionais. Por onde passam os professores de Educação Física Sem fronteiras realizam cursos, seminários, encontros e outros para profissionais e acadêmicos de Educação Física, de forma gratuita, visando oferecer atualização e aperfeiçoamento.
Os eventos são organizados pela FIEP local ou do Estado, contando com o apoio da FIEP Brasil, Faculdades/Universidades, CREF’s, Secretarias e outras Instituições.
Na primeira viagem dos professores de Educação Física Sem Fronteiras, uma delegação formada por 14 professores entre eles Brasileiros e Argentinos, o grupo visitou os países da América Central, no período de 24 de março a 09 de abril de 2007, passando pela Guatemala, El Salvador, Honduras, Nicaragua, Costa Rica e Panamá. Durante a viagem a profª Silvana Ceballos, de Córdoba/Argentina, sugeriu ao grupo, o nome de Professores de Educação Física Sem Fonteiras da FIEP, sendo aprovado por todos.

OS PIONEIROS
Visitaram a América Central em 2007:
Delegação de Brasileiros: Almir Adolfo Gruhn, Vilson Bagatini, Sergio K. Sartorti, Eriberto Fleischmann, Rosa Costa, Rinaldo Bernardelli, Nelson Schavalla e Marlene Barros
Delegação de Argentinos: Jorge Otanez, Gerardo Calderón, Silvana Ceballos, Alejandro Beltramino, Juan J. Moore e Mario Zarate.

ATUALIZAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO
O projeto tem na sua estrutura de funcionamento, a participação em eventos de formação profissional, onde na abertura o coordenador enfatiza a FIEP E SUAS AÇÕES NO BRASIL E NO MUNDO. Outro momento que marca o projeto são as homenagens (Troféus e Diplomas de Méritos) aos professores pioneiros, ex-delegados, atuais delegados e autoridades presentes. Importante destacar que o professor sem fronteira é quem custeia a sua própria viagem.
No Brasil, os professores Almir Adolfo Gruhn e Vilson Bagatini foram os pioneiros em organizar as primeiras viagens para visitar todos Estado. O objetivo era de escrever um livro com as histórias dos Professores Sem Fronteiras do Brasil.
Em abril de 2013, visitaram a Região Sul e assim todos os Estados do Brasil. Em Porto Alegre, realizou-se uma reunião de avaliação, nesta oportunidade foi aprovado, a criação do G1 e do G2 dos professores de Educação Física Sem Fronteiras da FIEP. O G1 com a Coordenação do Prof. Almir Gruhn (PR) e do Prof. Vilson Bagatini (RS) e o G2 com a coordenação da Prof.ª Leonor Araujo (PI) e da Prof.ª Rosa Costa (PA), tendo seu principal objetivo de visitar com mais frequência os Estados, cada grupo fica responsável pela sua própria organização. Para as viagens internacionais os dois grupos se une a um só.
Em 2017, o Prof. Vilson Bagatini, por motivo de Saúde, foi substituído pelo Prof. Ms. Cassio Hartmann de Maceió/Al, na coordenação do G1. E em janeiro de 2018 comemoraram em Foz do Iguaçu os 10 anos do Projeto. Em 2020, devido a Pandemia – COVID-19, NÃO FOI POSSIVEL realizar as viagens previstas.

OBJETIVOS DO PROJETO
Visitar todos os Estados e o DF do Brasil, e os Países das Américas do Sul e Central e quando possível iniciar as viagens Especiais para a Europa, América do Norte e a África, e também os demais continentes Ásia e Oceania;
Em cada Região/local, visitar Instituições de Formação em Educação Física, órgãos esportivos e Instalações Esportivas Públicas e Privadas;
Reunir-se com os Representantes Locais da FIEP e outros Professores interessados:
Realizar trocas de informações estruturais da Profissão de Educação Física em cada uma de suas vertentes e conhecer o Sistema Esportivo da Região;
Conhecer a Cultura, Folclore e pontos turísticos;
Realizar palestras para os Professores e Acadêmicos de Ed. Física e realizar mini-cursos;
Divulgar o Manifesto Mundial da FIEP e a organização da Educação Física no Brasil e seus e seus documentos; 
Levar Material de divulgação sobre a FIEP e trabalhar pela valorização da Educação Física levando aos cidadãos o entendimento de seus direitos quando o assunto for Exercícios Físicos, Esportivos e de Recreação e Lazer;
Divulgar os Eventos da FIEP;
Coletar informações para o Livro dos Professores de Educação Física Sem Fronteiras e para o próximo Livro da História da FIEP no Brasil e em cada País visitado e assim como conhecer a realidade dos Delegados da FIEP.
Participar dos Jogos Olímpicos de 2016 realizados no Rio de Janeiro – Brasil.

HOMENAGENS E RECONHECIMENTOS
Os Professores de Educação Físicas Sem Fronteiras da FIEP, tem recebido várias homenagens e reconhecimentos por onde tem transmitidos seus conhecimentos.
Destaca-se: Câmaras Municipais de Campo Grande/MS, Goiânia/GO, Porto Alegre/RS, Dourados/MS, Cuiabá/MT, Arco Verde/PE, Pato Branco/PR, Assembleia Legislativa do Paraná, Zulia-Maracaibo/Venezuela, Calpulalpan-Tlaxcala/México, Xalapa-Vera Cruz/México e Caxias do Sul (RS).
DIA 20 DE ABRIL
Dia dos Professores de Educação Física Sem Fronteiras da FIEP no Estado do Rio Grande do Sul
O Estado do Rio Grande do Sul, através do Governador Eduardo Leite, foi o primeiro Estado aprovar uma Lei Instituindo o Dia Estadual dos Professores de Educação Física Sem Fronteiras no Estado do Rio Grande do Sul. Através da Lei nº 15.314, dia 4 de setembro de 2019, ficou instituído o dia 20 de abril, comemorativo ao dia dos Professores de Educação Física Sem Fronteiras da FIEP.
Por iniciativa do então Vereador Prof. Garcia, professor de Educação Física, a Câmara Municipal de Porto Alegre, aprovou a Lei nº 11.496 de 29 de outubro de 2013, que inclui o Dia dos Professores de Educação Física no Calendário das Datas Comemorativas no município de Porto Alegre, assinada pelo Prefeito José Fortunati.

PRINCÍPIOS
“… a qualidade da existência dos Professores de Educação Física Sem Fronteiras está pautada
nos seguintes princípios” (Sérgio Sartori)
DA HUMILDADE
DA ASSOCIATIVIDADE
DA VOLUNTARIEDADE
DA RESPONSABILIDADE
DA ALTRUISMO
DA AMIZADE
PROFESSORES DE EDUCAÇÃO FÍSICA SEM FRONTEIRAS NA FILATELIA.
O primeiro selo contém a logomarca dos Professores de Educação Física Sem Fronteiras da FIEP, e foi lançado em Porto Alegre- RS, usada em todos os estados Brasil e outros países, com o mapa do Brasil, pinta cores diferentes cada um dos intercâmbios realizados em nosso pais, divulga também o site do Projeto.
A Cerimônia de lançamento do Selo Personalizado, foi realizada na Câmara Municipal de Porto Alegre no dia 17 de abril de 2013 às 16h, logo após o lançamento da Frente Parlamentar de Educação Física e lançamento do livro de 100 de Nascimento do Prof. Jacintho Francisco Targa – um dos Pioneiros da FIEP no Brasil, sob a coordenação do Vereador Prof. Garcia, a obliteração contou com a presença do Gerente dos Correios de porto Alegre, e as primeiras obliterações foram realizadas através do Secretário de Esportes do Município Edgar Meurer, Presidente da FIEP Almir Gruhn, Presidente do CONFEF Jorge Steinhilber, Delegado Regional da FIEP no RS – Vilson Bagatini e os filhos do Prof. Targa; Vera Maria Pecoits Targa e Luiz Roberto Pecoits Targa.
Janeiro de 2018 em Foz do Iguaçu, comemorou-se os 10 anos do Projeto, com lançamento de um selo, Diploma, Medalha e Camiseta, .pelos 10 anos de atividades.
Em 2020, devido a Pandemia do COVID-19, O Projeto fará os lançamentos de 3 selos comemorativos aos 15 anos do Projeto, com emissão de selos já previsto do G1 e G2. Com solenidade realizada on-line em Foz do Iguaçu-PR e em Teresina-PI

LOGOMARCA
A criação da Logomarca do projeto foi obra inspirada pelo Prof. Almir A. Gruhn, que remete a sua memória dos tempos em que cursava Educação Física na APROCRUZ em Cruz alta/RS, onde em todas as suas férias, o mesmo jogava sua mochila nas costas e realizava diversas viagens pelo Brasil.

HINO DOS PROFESSORES SEM FRONTEIRAS DA FIEP
LETRA E MUSICA: CELSO CARLUTTI DE CAMPOS.
ARRANJO MUSICAL: GRUPO CANTO 3 – ANAMARIA BOLZONI – (VOZ); BASÍLIO ZADRA – (TECLADO E VOZ) e CELSO CARLUTTI DE CAMPOS -(VIOLÃO E VOZ)

É SEM FRONTEIRAS O NOSSO TRAJETO,
VAI PELO MUNDO A NOSSA MISSÃO,
GRATIFICA-NOS SOMENTE O AFETO
NELE, ENTREGAMOS NOSSO CORAÇÃO;

VAMOS LEVANDO ESPORTE E LAZER
PARA PESSOAS QUE AMAMOS DEMAIS
RUMO AO FUTURO, MANTENDO A ESPERANÇA,
TAMBEM CUIDAMOS DOS ESPECIAIS;

CANTE COMIGO, PRESTE ATENÇÃO,
É SEM FRONTEIRAS O NOSSO LABOR,
CANTE COMIGO, COM EMOÇÃO,
FIEP É VIDA COM MUITO AMOR;

PROFISSIONAIS DE EDUCAÇÃO FISICA
EM NOSSO ENCONTRO SEMPRE A ENSINAR,
A SEGUIR RUMOS, QUEREMOS VENCER
SENDO IMPOSSIVEL, DEIXE-NOS TENTAR;

E ASSIM ANDAMOS, SEMPRE PARA FRENTE
NA EXISTÊNCIA, UM NOVO SENTIDO,
NOSSO ENTUSIASMO, CADA VEZ MAIS QUENTE
FRONTES ERGUIDAS NO DEVER CUMPRIDO.
CANTE COMIGO, PRESTE ATENÇÃO
É SEM FRONTEIRA O NOSSO LABOR
CANTE COMIGO, COM EMOÇÃO
FIEP É VIDA COM MUITO AMOR.
Contribuição: Prof. Vilson Bagatini – Porto Alegre/RS

CONDECORAÇÕES RECEBIDAS PELOS PROFESSORESS SEM FRONTEIRAS
Em Brasília – DF, dia 26 de abril de 2011, foram homenageados no Senado da República, em Sessão coordenada pelo Senador. ALVARO DIAS (Paraná),
Em Porto Alegre/RS – dia 17 de abril de 2013 – Diploma –Câmara Municipal de Porto Alegre e Frente Parlamentar da Educação Física e Desporto – Vereador Prof. Garcia
Em Porto Alegre/RS – dia 17 de abril de 2013 – Troféu Professor de Ouro – dos Professores de Educação Física Sem Fronteiras – FIEP do Brasil de 2008 a 2013 – FIEP / RS
VILSON F. BAGATINI – Porto Alegre/RS; ROSA MARIA ALVES DA COSTA – Belém/PA; NELSON SCHAVALLA – Pato Branco/PR e ALMIR ADOLFO GRUHN – Foz do Iguaçu/PR.
Em Porto Alegre/RS – dia 17 de abril de 2013 – Medalha de Ouro e de Prata dos Professores de Educação Física Sem Fronteiras – FIEP do Brasil de 2008 a 2013
Medalha de Ouro – Visitas em todos os estados
1) VILSON F. BAGATINI – Porto Alegre/RS; ROSA MARIA ALVES DA COSTA – Belém/PA; NELSON SCHAVALLA – Curitiba/PR e ALMIR ADOLFO GRUHN – Foz do Iguaçu/PR.
Medalha de Prata – Visitas em alguns estados
1) SÔNIA MARIA BORDIN – Curitiba/PR; CLERY QUINHONES DE LIMA – Santa Maria/RS; LEONOR MARIA SILVA PALHA DE ARAUJO – Teresina/PI; ALMIR DIÓGENES FACCHINATTO – São Paulo/SP; GILDASIO JOSE DOS SANTOS – Curitiba/PR; SÉRGIO KUDSI SARTORI – Rio de Janeiro/RJ; JULIMAR LUIZ PEREIRA – Curitiba/PR; SABRINA RIBEIRO JORGE – Curitiba/PR e CASSIO HARTMANN – Maceió-AL.
Em Porto Alegre/RS – 04 de setembro de 2019 – o Governador Eduardo Leite, sanciona a Lei nº 15.314, instituindo o Dia Estadual dos Professores Sem Fronteiras no Estado do Rio Grande do Sul
Em Caxias do Sul (RS). – 10 de Setembro de 2019, durante a Passagem dos Professores Sem Fronteiras, a Câmara Municipal de Caxias do Sul, homenageia os Professores em uma sessão Especial a passagem dos Professores Sem Fronteiras, durante as comemorações dos 70 anos da FIEP-RS.
Em Porto Alegre (RS) – 9 de setembro de 2019, durante as comemorações dos 70 anos da FIEP-RS, oportunidade da visita dos Professores Sem Fronteiras no RS, os professores foram homenageados na Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul, pela Deputada Juliana Brizola.
Em Porto Alegre (RS) 9 de setembro de 2019, durante as comemorações dos 70 anos da FIEP-RS, os Professores Sem Fronteiras foram homenageados na Câmara Municipal de Porto Alegre, pelo Vereador João Bosco Vaz.  
PROJETO DOS INTERCÂMBIOS
1º Intercambio – 2007 – Países da América Central – Países: Guatemala, El Salvador, Honduras, Nicaragua, Costa Rica e Panamá;
2º Intercambio – 2008 – Estados da Região Norte do Brasil (AC, RO, AM, RR, AP e PA)
3º Intercambio – 2009 – Estados da Região Nordeste do Brasil (MA, PI, CE e RN)
4º Intercambio – 2010 – Estados da Região Nordeste do Brasil (PB, PE, AL, SE e BA)
5º Intercambio – 2011 – Estados da Região Centro – Oeste do Brasil (MS, MT, GO, DF e TO)
6º Intercambio – 2011 – Especial México 11 a 26/Novembro – Ciudad Del México (Capital), Vera Cruz (Xalapa), Tlaxcala (Tlaxcala), San Luis Potosi (SLP)   
7º Intercambio – 2012 – Estados da Região Sudeste do Brasil (MG, ES, RJ, SP)    
8º Intercambio – 2013 – Estados da Região Sul (PR, SC, RS) 08 a 18 de abril   
9º Intercambio – 2013 – América do Sul – 11 a 27 de Out. (Países mais do Sul): Montevideo (Uruguai), Buenos Aires e Córdoba (Argentina), Santiago (Chile), e Asunción (Paraguai).
10º Intercambio – 2014 – América do Sul – Abril (Países mais do Norte): Santa Cruz de La Sierra (Bolívia), Lima (Peru), Quito (Equador), e Bogotá (Colômbia) e Caracas (Venezuela) – G1 – Estado do MS – de 22 à 27/09 nas cidades de Campo Grande, Dourados, Fátima do Sul e Ponta Porã.
11º Intercambio – 2015 – O G1 Visitaram no Estado do Ceará (Aracati, Fortaleza e Quixadá) e no Estado do Mato Grosso (Cuiabá, Sorriso e Rondonópolis) e o G2 – visitou os seguintes estados: AM, RO, PE, PB E RN. No final do ano o G1 e G2 participaram do Congresso Mundial da FIEP em Rabat/Marrocos e também a cidade de Lisboa/Portugal.
12º Intercambio – 2016 – O G1 visitou os Estados de Sergipe e Bahia, e o G2 visitou os Estados do Maranhão e do Piaui. E durante Os Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro 2016 houve a participação de 20 Delegados da FIEP de 10 países.
13º Intercambio – 2017 – O G2 visitou o Estado do Roraima, e o G1 Visitou o Estado do Paraná, nas comemorações dos 40 anos da FIEP/PR em Curitiba, Foz do Iguaçu e Pato Branco
14ª Intercambio – 2018 – Visita do G2 no Estado de Alagoas e o G1 no Estados do Brasil: ES e RJ.
15ª Intercambio – 2019 – visita do G2 Estado de Minas Gerais, as Cidades de Ipatinga, Belo Oriente e Coronel Fabriciano: e o G1 Estado do Rio Grande do Sul – 70 anos FIEP-RS as cidades de Porto Alegre, Canoas, Santa Maria, Caxias do Sul e Esteio.
16ª Intercambio – 2020 – Não houve viagens devido a Pandemia Coronavírus COVID-19.

RESPONSABILIDADE DE CADA DELEGADO NO ESTADO ANFITRIÃO:
1 – Providenciar estadia e alojamento para os professores sem fronteiras na cidade,
2 – Organizar um evento em sua cidade, para receber os Prof. Sem Fronteiras;
3 – Organizar um City Tur  nos principais pontos turístico e culturais da cidade;
4 – Realizar uma reunião da FIEP com profissionais representativos;
5 – Certificado para os Professores que compõem a Delegação FIEP;
6 – Organizar uma coletiva de imprensa.
7 – Comunicar os nomes das pessoas para a homenagem, a FIEP entregar uma Placa;
8 – Organizar uma visita com autoridades em sua cidade.
9 – Organizar uma Reunião da FIEP no Estado e com as IES,
RESPONSABILIDADE DA FIEP do BRASIL:
2 – Ministrar mini cursos, palestras, expor banner/pôster;
3 – Reunir a FIEP do estado, para valorizar o Delegado Regional e Adjuntos;
4 – Providenciar a entrega de uma Placas da FIEP do Brasil, para pessoas que apoiam as ações da FIEP;
6 –  Coletar informações para o próximo livros da FIEP no Brasil bem como para o Livro dos professores de Educação Física Sem Fronteiras do Brasil.

PROFESSORES DE EDUCAÇÃO FÍSICA SEM FRONTEIRAS DA FIEP NO BRASIL
G1
ALMIR ADOLFO GRUHN – PR
CÁSSIO HARTMANN – AL
DALIÉ MARIA MENDES MORALES – RS
EVERTON LUIS DEIQUES – RS
GILDASIO JOSE DOS SANTOS – PR
NELSON SCHAVALLA – PR
MARIZA DE FÁTIMA BARROS ARAUJO – MS
ANA PAULA DE AUBUQUERQUE – AP
RINALDO BERNARDELLI JUNIOR – PR
G2
LEONOR MARIA SILVA PALHHA DIAS DE ARAÚJO
ROSA MARIA ALVES DA COSTA
SÔNIA MARIA BORDIN
JULIMAR LUIZ PEREIRA
DIVANALMI FERREIRA MAIA          
MARILANE DE CASCIA SILVA SANTOS   
DAVID MARCOS EMÉRITO DE ARAÚJO   
HIDERALDO BEZERRA DOS SANTOS
DANIELLE DE SOUSA BESSA
ALFREDO TELINO LEAL DE LACERDA
MARCOS ANTONIO MEDEIROS DO NASCIMENTO
MOACIR AUGUSTO DE SOUZA

PROFISSIONAIS QUE JÁ FIZERAM PARTE:
Eriberto Fleischmann (SC), Marlene Barros (PR), Valdeci da Silveira Barbosa(AM)., Patricia R. Feitosa de Lima(CE), Humberto Barroso da Fonseca(CE), Antonio Eduardo Branco,(PR), Albanize Mirindiba Bonfim(AL), Clery QuinhoNes de Lima (RS); Sérgio Kudsi Sartori (rj); Sabrina Ribeiro Jorge (PR); Almir Diogenes Facchinatto (SP); Rodolfo Buenaventura (Arg.); Eliane Cunha Gonçalves (ES);
Convidados Especiais: Rita Maria Puga Barbosa (MA), Rodrigo Barros, Francisco Francelino (CE) e Walter Molina (RN). Lourival Sandro Barros (AL).

ABEF – Academia Brasileira de Educação Física

A ABEF – Academia Brasileira de Educação Física inicia seus primeiros passos no ano de 2008, quando o professor dr. Almir Adolfo Gruhn, começa a pensar e idealizar uma forma de tornar permanente a memória daqueles que foram referências na educação física brasileira, aqueles professores que contribuíram para a evolução, construção, transformação e formação dos profissionais de educação física, para que não fossem esquecidos jamais, mas sim, lembrados como imortais, por suas lutas, por suas obras e pelo legado histórico, que deixaram na educação física, no decorrer de suas vidas.
Assim sendo, a Academia Brasileira de Educação Física, vem preencher axiologicamente uma vacuidade, que a fenomenologia pode explicar, a essência da importância para a Federação Internacional de Educação Física, Delegacia do Brasil, assim como para a Fiep Mundial, por ter como intencionalidade e finalidade a preservação da história, da memória da educação física e o acervo de seus membros, bem como fomentar e incentivar o desenvolvimento da literatura da educação física e a produção de pesquisas, como consta no artigo 2º do seu estatuto.
Passados anos, aos poucos o prof. dr. Almir Adolfo Gruhn foi sonhando, amadurecendo, construíndo e consolidando o projeto da criação da primeira Academia Brasileira de Educação Física, que diga-se de passagem, um sonho que em meados de janeiro de 2008, já havia sido revelado para o professor Manoel José Gomes Tubino, que ficou entusiasmado e fascinado com a ideia da Academia Brasileira de Educação Física, mencionando também ao professor Almir o desejo de pensarem na criação do Museu do Esporte.
Em 11 de janeiro de 2019, às 19 horas na Casa da Educação Física na cidade de Foz do Iguaçu, o projeto torna-se realidade e reunidos, profissionais de educação física, delegados e convidados referendam a criação da ABEF, e assim, tomaram posse na Academia os primeiros membros efetivos fundadores, sendo eles, dr. Almir Gruhn/PR, dr. José Fernandes Filho/RJ, dr. Paulo Antonelli/MG, dr. Jorge Olimpio Bento/Portugal, dr. João Batista Tojal/SP e mestre Cassio Hartmann/AL. Nasce a Academia Brasileira de Educação Física – ABEF, um sonho sonhado muitas vezes no clarão da madrugada, no desejo incontido de valorizar a educação física, na emoção de algumas lágrimas, na lembrança de tempos outroras….. Aqui se faz em realidade mais um dos inúmeros sonhos do prof. dr. Almir Adolfo Gruhn.

Diretoria da ABEF
Mandato: 2019-2020
Presidente: Almir Adolfo Gruhn/PR
Vice-presidente José Fernandes Filho/RJ
Secretário: Cassio Hartmann/AL
Tesoureiro: Paulo Ernesto Antonelli/MG